YOGA & ENDOMETRIOSE


A Endometriose afeta 1 em cada 10 mulheres no seu período reprodutivo (entre 15 e 49 anos).

Em linhas gerais, é uma condição em que um tecido similar ao do revestimento interno do útero (chamado “endométrio”) é encontrado fora do órgão, desencadeando uma resposta imunológica local que induz uma reação inflamatória e pode resultar em formações de aderências nos tecidos e órgãos internos.

Os sintomas podem incluir dores durante a menstruação, ovulações dolorosas, dores durante ou após a relação sexual, sangramento intenso, dor pélvica crônica, fadiga, infertilidade, entre outros, e pode impactar a saúde e bem-estar físicos, psicoemocionais e sociais.
A falta de conscientização de ambos, mulheres e profissionais de saúde, devido a uma “normalização” dos sintomas, resulta em um atraso significativo do diagnóstico definitivo e consequente tratamento (desde os primeiros sintomas, uma média de 7 anos).
[ Tradução livre. Fonte: http://endometriosis.org/ …/artic…/facts-about-endometriosis/ ]

Não há consenso em relação às causas, origens, tratamentos e cura da Endometriose. Mas sabe-se que ela se apresenta de forma diferente para cada mulher. Através do caminho da Yoga — suas técnicas, ferramentas, filosofia, seu autoconhecimento e seus passos — trazemos um olhar de aprofundamento a esse cenário que te habita agora. Nesse laboratório pélvico integrativo, na sua jornada.

No Seu Feminino.

Um grupo de mulheres unidas para trilhar um caminho de alegrias e dores, medos e êxtase, nosso Yin e Yang, nossos questionamentos e esse excesso daquilo que achamos que somos, mas que não somos nós.
Com o objetivo de abrir espaço e reocupar esse espaço com presença. E escutar quais são as questões que esses espaços tentavam tapar. Quais são essas que habitam seu ventre. Para encarar, acolher, usufruir, retirar tudo que é excesso, e atravessar. Trazendo autonomia, escuta, força, confiança, amor e vontade para olhar para a endometriose a partir de si mesma, do seu corpo, suas sensações e sua Intuição.

Não há trilhos rígidos, mas trilhas fluidas, cheias de possibilidades.

O que nos impede?
Estamos juntas. Meu desejo é que esse conjunto de sintomas, o qual chamamos doença, consiga nos contar o que ele tem a dizer. Para que essa “doença” possa ser, por fim, nossa Cura.

Se você conhece alguém com endometriose, por gentileza, faça essa mensagem chegar até ela. <3

“As forças naturais que residem dentro de cada um de nós são os verdadeiros remédios para nossas doenças. É muito mais importante procurar saber quem é a pessoa que aquela doença tem, do que qual é a doença que aquela pessoa tem." Hipócrates